Dia 63 - O que toda mulher inteligente deve saber

Estou lendo um livro que chama-se "O que toda mulher inteligente deve saber", de Steven Carte & Julia Sokol, o livro fala das dificuldades femininas nos relacionamentos amorosos e em perceber que estão se envolvendo, muitas vezes, com um "cara errado", o livro segue a máxima de que "seria cômico se não fosse trágico".

Não acho que encontraremos em livros receitas mágicas para essas questões, acredito que tudo depende da consciência de cada um, contudo, não posso negar, que nos sabotamos vez em quando, com a esperança de dias melhores ou até mesmo que tudo não passe de uma fase ruim.

Já passei "fases ruins" de anos, e por experíência posso dizer que não trata-se de perda de tempo, mas da perda de si mesma.

Não é justo, para ninguém, ficar em uma relação que não lhe traga retorno, relações unilaterais são as que mais estamos acostumadas a buscar, não estou aqui criticando ninguém e não estou fazendo apologia ao livro, mas não me surpreendi com o que li.

Acho que o mais difícil de aceitar, no fim de uma relação, é que a outra pessoa não é e nem será a "pessoa certa", simplesmente porque a "pessoa certa" não existe. Essa pessoa denominada como "certa" nada mais é do que nosso ideal prevalecendo sobre a realidade.

Não importa se você é carente, romântica, dependente ou "normal" todas as mulheres passaram ou passarão por isso.

A questão é...Por quanto tempo...?

Há também a questão do histórico do "bom rapaz" e o fato de que se ele fez com outra poderá fazer com você também. Essa é uma questão muito interessante, sempre achamos que conosco será diferente porque pensamos que todas as outras não tiveram sucesso porque não eram "especiais" e queremos, de qualquer forma, acreditar que somos especiais e que desta vez será diferente, o problema é que a regra neste caso é o "bom rapaz" e não estamos considerando o fato de que não podemos mudar as pessoas, só a nós mesmos, e que ele (talvez) não queira virar exceção.

Segue abaixo dicas, do livro, sobre como saber a hora de cair fora de um relacionamento (para descontrair ou chorar), os comentários entre parênteses são meus. Beijos Geo.

"As mulheres inteligentes sabem que está na hora de acabar um relacionamento quando:
• Ele faz você se sentir mal com mais freqüência do que a faz se sentir bem. ("Não é bem assim", kkkkkkk...)
• O seu medo de perdê-lo faz você ignorar todas as suas verdadeiras necessidades. (Amélia que era mulher de verdade!)
• O comportamento dele está abalando a sua auto-estima. (Quem é auto-estima?)
• Você diz para ele o quanto está triste ou aborrecida, mas ele não faz qualquer esforço para mudar de comportamento. (O comportamento dele depende da sua cotação no mercado)
• Ele pára de tentar agradá-la. (Só faz isso quando não quer naaaada mesmo, nem sexo)
• Suas lembranças do passado são mais agradáveis do que a sua situação atual. (Um VIVA para o chocolate!!! Viva!!)
• O comportamento dele justifica os ciúmes que ele provoca em você. (Safado, cachorro, sem vergonha $#¨%#%$*)
• Ele começa a lhe dizer que precisa de "mais espaço"." (Essa é clássica!)

Comentários

elvira disse…
Geo. eu também não acredito em formulas que nos ensinem nada em matéria de amor e relacionamento. Nós aprendemos isso com a idade e a experiência , e mesmo assim quantas vezes não caímos duas três vezes no mesmo erro, pensando sempre que desta vez vai ser diferente. Não falo por experiência própria, pois tive a felicidade de conhecer a minha alma gémea á 42 anos. Mas ao longo da vida tenho observado muitas coisas destas com familiares e amigas. Tenho uma amiga que vive á 20 anos com o marido, na mesma casa
sem se falarem como se foram 2 estranhos. E ela resignou-se em parte porque não ganha o suficiente para pagar a renda da casa sózinha, e em parte porque ele a ameaçou de morte se ela o abandonasse. Imagina o que é esta vida?
Um abraço
Anônimo disse…
GEOVANNA , FAÇA-ME UM FAVOR, PONHA-SE NO LUGAR DOS HOMENS E VERÁS Q TUDO ISSO SÓ É FÁCIL NA TEORIA MAS NA PRÁTICA...................TODAS SABEM DA FÓRMULA OU ( MANUAL MASCULINO ex: FUTEBOL )E MESMO ASSIM COMETEM OS MESMOS DESATINOS, PARECEM QUE QUEREM MUDAR A LEI NATURAL DAS COISAS, COMO ISSO PODE SER POSSÍVEL.HOMEM É ASSIM MESMO, OU ENTÃO, SERIA TALVEZ UM JABOTI OU UMA CENTOPÉIA Q TAL. TE CUIDA MALA