Dia 89 - Do que é raro e precioso

Do amor pouco sei...

A não ser que por amor posso sofrer, gemer, ficar e estar

O gozo do viver, mas nunca fugir

Não se pode levar ao longe o que se quer perto

Não se afasta o que te faz falta

Mal necessário? Acho que estais a falar de modo falho

Não sabes tu nada de estar

Reclamas porque não tens

És cego para estes bens

Preciosa pérola que encontras só em mais alto mar

Mergulhe, se queira encontrar

Porque a minha já tenho a quem dar

E eu não te darei

Comentários

Anderson San disse…
O Amor indomável, incontrolável,insano, injusto, ingrato e inigualável com os outros sentimentos,por isso amar e ser amado, por isso quando amamos somos mais felizes, mesmo se nada der certo e o amor não for correspondido, ja vale a pena vivência de um novo amor, bj.
lindona
elvira carvalho disse…
Do amor sempre sabemos pouco, mas sempre sentimos muito. O amor não se aprende, não se conhece. O amor, sente-se, carrega-se no peito, convive-se ou não com ele.
Um abraço
Anônimo disse…
Amar é ser...como amar é não ser...é colher sem retirar..é, sem duvida estar não estando e ficar tendo ido...Gemer por mais...sofrer por menos...e nunca, nunca fugir!....é mais que o gozo de...é VIVER...´sim quando todos dizem não...cor na tela...vento na Vela...o amor é essan semente Rara e Preciosa que lanças à terra...mas nem todo o terreno é fértil...
Um Beijo
Vicente