Dia 94 - Inside me

A dias estou...
Serena.
Uma tranquilidade que, alguns, poderiam dizer que é presságio de mal tempo.
Prefiro pensar que ela, a tranquilidade, veio depois da tempestade.
Tempos de mar revolto, de ventos fortes...
Desde o assim...
Estou assado...
E o gosto não tem desgosto, e nem coitado.
Estou feliz...
Não vi quem foi. Porquê?
Foi eu quem quis.
Estar.
Dentro de mim...
Livre.


Comentários

Jose Gonçalves disse…
Inside you! Free...
Lindo amiga Geo.
Um beijinho
José Gonçalves
Jose Gonçalves disse…
Olá Geo

Esqueci-me há pouco de te dizer que os bolos que tinha na foto e dos quais me perguntas-te o nome, são chamados em Portugal de Toucinho do Céu. São os tais que me disseste que aí no Brasil se chamam de Quindim.
Um beijinho de Portugal.
José Gonçalves
elvira carvalho disse…
Livre como gaivota... e feliz...
Com um brilho novo no olhar e a paz no coração... Que bom Geo.
Que continue assim é o que lhe desejo.
Bom fim de semana. Um abraço
Jose Gonçalves disse…
Geo

Vim desejar-te uma óptima semana e dizer-te que não és só bonita por fora.
Obrigada pelas tuas palavras no meu canto.
José Gonçalves
Anônimo disse…
A liberdade não se conquista... tão pouco é exterior... a liberdade é o reconhecimento da nossa natureza...minto ... na verdade não somos livres...seríamos livres se fossemos a nossa própria criação...mas o enredo é escrito em páginas sujas e o fim da história será sempre o mesmo...então o que resta....bem...tu...eu...o outro...
Beijo
Vicente
Anônimo disse…
Liberdade... palavra bonita mas que pouca gente conhece. Ser livre pra mim é mudar de direção no tempo que se quer, sem regras, sem medo das consequencias . Ser o que se quer ser. Somos livres? Quando tivermos as redeas de nossa vida seremos livres. Se estiver se sentindo assim como disse em seu poema entao neste momento voce pode voar né... bjos e me ensina porque parece que fiquei preso em meus medos... Eu