Dia 143 - Sonhar

Amor...
Hoje quero um sonho.

Um...
No cume da impossibilidade,

Um...
Que seja contrário a essa realidade.

Hoje quero o que não posso ter...
Matar essa vontade de acontecer.

Criar linhas...
Criar letras e rimas,
Tudo, para te encontrar.

Voar bem alto,
Pular no 'mar', num salto,
Fechar os olhos e mergulhar...
Estar...
Em você permanecer...sem tempo...
Sem pressa...
Gozar...numa promessa...
Continuar...

E quando a noite começar a se despedir,
Finalmente dormir...
Para acordar.

Comentários

elvira carvalho disse…
Belíssimo poema Geo. Enquadrado por uma foto igualmente bela. Maravilhoso. Valeu a pena esperar, para ter o prazer de ler um post assim.
Um abraço e por favor não suma de novo.