Dia 368 - Mona Lisa

Passo a mão pelo teclado como uma carícia, cheia de cumplicidade, 
Sem qualquer pudor o sorriso entrega a face... 
Tem que se seguir em frente, mas, impossível deixar de Ser e...
Sendo, não há como esquecer.
Impregnado em meu corpo sem nunca ter sentido seu toque.
Consigo sentir o seu gosto, sem nunca ter tido essa sorte.
Literalmente, meu norte.
Seguindo... O curso desta vida terrena...
Há o que dói e o que sempre vale a pena...
Por isso essa luta em mim, 
Um passado, 
O presente, 
E um futuro, com marcas aparentes, 
No eterno de mim...


2 comentários