Dia 122 - La Ultima Noche



Esta noite está longa, os olhos custam a descansar, os pensamentos custam a se acalmar, viajo para longe, para um lugar onde uma pessoa possa encontrar para conversar...do baú tiro as lembranças que me alimentam, palavras, letras, fotografias e sentimentos...

Eis que encontrei uma muito especial...

No dia 28/09/07 recebi uma mensagem que ensinou-me algo muito importante, nela continha uma estória sobre um índio e seus conflitos internos que dizia ter dentro de si dois cães. Um cão era cruel e mal, o outro era dócil e meigo, lhe perguntaram então qual dos dois cães ganharia a briga. O índio pensou e respondeu:
- Aquele que eu alimentar!

Essa mensagem veio acompanhada da música dessa postagem que também gostei muito, não a conhecia, na época, mas a adorei desde a primeira vez que escutei.

Deixo para quem me visitar esta mensagem, me foi enviada com muito carinho, por uma pessoa muito especial.

Espero conseguir alimentar o cão certo...

Bom fim de semana a todos!

Um beijo especial para quem me enviou a mensagem...Obrigada!
7 comentários